Portugal Moçambique Mozambique investigação fotografia Turismo de Natureza

Escritos - Fotografia - Turismo de Natureza

Lançamentos e Apresentações do livro O Mistério do Angoche

Domingo 20 de Junho, 11h00, na Ericeira - lançamento, no Auditório da Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva

Sábado, 12 de Junho, 15h30 - 17h00 - apresentação na Feira do Livro que decorre no Palácio de Belém

Sábado, 11 de Setembro, 18h00 - 19h30 - apresentação na Feira do Livro de Lisboa, Parque Eduardo VII


O Mistério do Angoche 

Aquisição através da editora e livrarias ou pedir-nos para enviarmos pelos CTT

Transferência de 25 euros para o NIB: 0018 0003 3249 2209 0204 5  com comprovativo para o mail  paulo@pauloliveira.com (apenas um 'o' em pauloliveira). Envie nome e endereço e indique o NIF caso pretenda factura.   Nota: apenas para território nacional.

A crónica de uma investigação:

  • Quem em Portugal planeou, executou, e ocultou a autoria do ataque terrorista ao navio Angoche nas costas de Moçambique em 1971?
  • O presente livro propõe-se desvendar o enigma
  • Outros mistérios correm neste Portugal contemporâneo a par do ‘caso Angoche’:
  • AGINTER-PRESS - a ‘outra PIDE’ - agência de espionagem e de mercenários vertente portuguesa da Operação Gládio ‘filha’ da NATO e da CIA
  • O enigmático Mr. HERBERT LESTER - agente secreto e conselheiro de Salazar
  • A rede de JORGE JARDIM - o ‘Lawrence d’ África’
  • ‘Conde de Pavullo’ - o patriarca ZOIO - e uma teia lusa de ‘mercadores da morte’

Moçambique, 23 de Abril de 1971, sexta-feira à noite.

O navio português Angoche é atacado, incendiado. Por quem? Os ocupantes, 23 elementos da tripulação e um passageiro, desapareceram todos.
O Angoche está deserto.
Dois dias depois, ao entardecer de domingo, 25 de Abril de 1971, uma mulher portuguesa de um bar de alterne é 'suicidada', atirada do 5º andar de um prédio da cidade da Beira, o ‘Miramortos’. Um mistério ligará os dois casos?
Nunca apareceu nenhum dos homens do Angoche, vivos, mortos, ou quaisquer despojos.

Um x-files, autênticos ‘ficheiros secretos’ à portuguesa. Sabemos agora quem são os responsáveis


Sabe mais detalhes sobre este caso? O presente livro é apenas a versão inicial, a '1.0'

Decerto iremos actualizar

Qualquer colaboração pode chegar até nós através do mail

paulo@pauloliveira.com

ou tlm: 960375106

Mais...

Clip de apresentação YouTube - O Mistério do Angoche

 Timeline

Nascido em Lisboa em Setembro de 1959, fui com a família para Moçambique em Agosto de 1960, residindo em Lourenço Marques (Maputo) até Setembro de 1979. 

Praticante e instrutor de paraquedismo com licença de queda-livre no Aeroclube de Moçambique em 1978/1979, e cursei Engenharia Electrotécnica na Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo. Regressei a Lisboa em Setembro de 1979.

Vivi na África do Sul em 1983 e 1984 sendo ao tempo correspondente de vários jornais portugueses. 

Jornalismo Publicidade foram áreas em que me envolvi também em Lisboa de 1982 a 1987. Realizei diversos trabalhos na área de informática desde 1991 até ao presente. 

Obras publicadas: Livro - impresso - documental e biográfico, sobre o conflito civil moçambicano; outro - em versão electrónica - um romance, com acção passada em Lisboa, Paris, Cairo e Moçambique. A ultimar agora a 'crónica de uma investigação' - o mistério do ataque terrorista ao navio Angoche.

Desenvolvendo o que começou por ser um hobby, formei a 'Portugal Wild Trail' - entidade de animação turística / Turismo de Natureza - com organização de eventos em Sintra, Cascais, Oeiras, Mafra, Lisboa e Alenquer - passeios, caminhadas, foto-safaris e provas de degustação de vinhos e produtos locais.
 
Colaboração com projectos Google: Guia Local / Google Local Guide - Level 10 (nível de topo), e Google Street View Pro Trusted - Certificado de Fotógrafo Fidedigno 
Mais...

Livros

  • Dossier Makwákwa - Renamo: uma descida ao coração das Trevas
  • Mak - Operação D7
  • O mistério do ataque terrorista ao navio Angoche